EVALUACIÓN PRELIMINAR DE LA RELACIÓN INTENSIDAD-DURACIÓN-FRECUENCIA POR EL MÉTODO KIMBAL Y OBTENCIÓN DE ALTURAS E INTENSIDADES PLUVIOMÉTRICAS PARA DIFERENTES DURACIONES DE PRECIPITACIÓN. ESTUDIO DE CASO: CAPARAÓ-MG

Louisie Maria Miranda Sanglard, Betânia Latini Gomes

Resumo


O mundo vem passando por uma mudança climática considerável. Exemplo disso é o aumento da frequência e intensidade de chuvas, que podem favorecer as enchentes. O outro extremo também pode ocorrer, ou seja, regiões que já sofrem com a seca podem ficar ainda mais áridas devido às alterações climáticas. A quantificação de chuvas intensas e uma região é essencial para elaboração de projetos. Esta pode ser feita pela relação intensidade-duração- frequência (IDF), obtida através de dados históricos de precipitação. Assim, este trabalho realizou um levantamento da série de dados do Banco de Dados Meteorológicos para Ensino e Pesquisa (BDMEP) para a região de Caparaó/MG, utilizando-se dados diários de precipitação total, referentes à série histórica de 45 anos, de 1973 a 2017, com auxílio do software Pluvio, para determinação da equação de intensidade de precipitação para o município em estudo. Conclui-se que o regime mais intenso de chuvas no município de Caparaó-MG concentra-se nos meses de novembro e dezembro

Palavras-chave


Curva IDF. Precipitação. Drenagem urbana

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

CompatilharCompartilharCompartilhar


VISITANTES ONLINE

Revista Educação, Meio Ambiente e Saúde © Copyright 2014-2016 - FAF - Website by Fabio Fortes.