HUMANIZAÇÃO HOSPITALAR: A IMPORTÂNCIA DE UM ACOMPANHANTE NA UNIDADE DE TRATAMENTO INTENSIVO

Aluer Baptista Freire Junior, Lorrainne Andrade Batista

Resumo


O presente estudo objetiva destacar a respeito da humanização nos hospitais em geral, porém, principalmente no âmbito das Unidades de Tratamento Intensivo, mais conhecidas por UTIs. Para esse abordamento, frisa a importância de um acompanhante nos leitos para concretizar ainda mais a humanização em comento, frente aos benefícios amplos e eficazes proporcionados pela prática.

Palavras-chave


Humanização Hospitalar, UTI, Direito a Acompanhante, Dignidade da Pessoa Humana, Saúde

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

CompatilharCompartilharCompartilhar


VISITANTES ONLINE

Revista Educação, Meio Ambiente e Saúde © Copyright 2014-2016 - FAF - Website by Fabio Fortes.